Viver@UK

Entreajuda entre portugueses no Reino Unido

NEWS
Assina a petição “Também somos Portugueses”
Assina a petição “Também somos Portugueses” em http://tambemsomosportugueses.org
5 de maio: eleições locais no Reino Unido
5 de maio: Eleições para Parlamento da Escócia, Assembleia...

Dicas

Para além deste, existem alguns outros sites com boas dicas. Por exemplo, leiam no site Cartas de Londres o testemunho de um enfermeiro e de um professor que se aventuraram por estes lados.  Para duas áreas com muita procura, recomendamos:
– Enfermeiros: Diáspora dos Enfermeiros
– Professores:  Como dar aulas em Inglaterra (site) , Como dar aulas em Inglaterra (grupo no Facebook) e o NCTL Teaching Services (em inglês)

A primeira dica para professores é obter o QTS, Qualified Teacher Status, o qual mais nao é que a equivalencia de habilitacoes. São precisos 3 anos de experiencia lectiva para poder requerer o QTS.
A candidatura neste momento é feita online.

Empregos – sites

Em Inglaterra é mais fácil encontrar emprego pela Internet. Os sites generalistas mais conhecidos são o Monster e o Reed. Mas é mais produtivo utilizar os Sites de Emprego especializados:

Empregos – currículos

Em relação aos currículums, o Europass não tem muita aceitação por cá.
Os currículos devem ter no máximo 2 páginas (excluindo-se os portfolios artísticos), e devem evidenciar exemplos de projectos com sucesso.
Listar funções apenas não ajuda. Por exemplo, “consegui vender um projecto de 500.00 euros” e não apenas “fui vendedor na empresa X”, que não demonstra se o candidato foi um bom ou mau vendedor.
Não se deve incluir fotografias nem a idade – os britânicos levam muito a sério acusações de descriminação no trabalho.
A página http://career-advice.monster.co.uk contém boas dicas sobre como escrever currículos, cartas introdutórias (“cover letters”), e sobre entrevistas.Como já dissemos na secção “Os primeiros passos”, ajuda se derem uma morada e um telefone britânicos.

 

Quanto vou pagar de impostos?

Não vão ficar muito surpreendidos nem tristes em saber que os impostos são mais baixos no Reino Unido do que em Portugal, por não? Um bom sítio para terem ideia do que irão pagar é o site UK Tax Calculator, quem tem um bom simulador.
Já existe também um site muito fácil de usar, o Simple Tax (criado por portugueses), que ajuda no preenchimento das declarações de impostos.

Custo de vida

De acordo com o site Numbeo o custo de vida no Reino Unido é 37.91 % mais alto do que em Portugal, mas em compensação o poder de compra é 65.11% mais alto – ou seja, do ponto de vista estritamente financeiro ficamos melhor aqui nas ilhas. Algumas comparações:
Domestic Beer (0.5 liter draught) – 1.50 € (PT) – 3.50 € (UK) +133.53 %
Basic (Electricity, Heating, Water, Garbage) for 85m2 Apartment – 85.00
€ (PT)- 163.47 € (UK) +92.32 %
O Numbeo funciona com informações das pessoas que usam os site, portanto contribuam para corrigir quaisquer valores que achem que não estejam correctos.

Desemprego e abonos (benefits)

O estado britãnico é particularmente generoso para com os desempregados. Quem estiver realmente aflito não precisa de muitos requisitos para a inscrição num Job Centre e pedir vários subsídios:

  • Subsídio de desemprego (Jobseeker’s Allowance)
  • Subsídio de alojamento (Housing Benefit)
  • Abono de família (Child Benefit)

A página Benefits Advisor inclui um simulador que permite calcular aquilo a que se tem direito, e fazer o pedido imediato dos subsídios

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *